Construção utilizada para secar folhas de fumo. Houve várias estufas destas no passado, quando o plantio de fumo era popular em Pomerode. Hoje é uma das últimas estufas remanescentes.

A fumicultura era bastante difundida no Vale do Itajaí, mas a partir dos anos 1980 muitos agricultores mudaram para outras culturas ou empregaram-se na indústria.

Fonte: “Cor:Verde”, de Gisela Liesenberg e Anita Guenther