Esta construção data de 1912, hoje a mais antiga em uma Sociedade de Caça e Tiro em Pomerode.

Originalmente abrigava um pequeno mercado de Gustav Krahn, que ocupava uma parte da construção em enxaimel. O restante do espaço era usado como um local de reuniões da comunidade. Como Gustav era solteiro, alguns parentes (de sobrenome Belz) também se mudaram para a construção. Em 1929, este espaço foi cedido para o Clube Alto Rio do Testo (” Schützenverein Independência zu Alto Rio do Testo”). A sociedade foi reorganizada em 26 de outubro de 1947, e passou a se chamar Clube Belz, e a casa, conhecida como Salão Belz.

Em 1950, foi construída a casa anexa ao mercado/clube, para servir de morada à família, que residia na área comercial.

Foi local de eventos na comunidade por várias décadas. Em seu auge, chegava a reunir 600 pessoas nas festividades de Rei e Rainha do Tiro, casamento, festas de escola ou igreja.

Por volta do ano 2000, a construção não mais oferecia condições adequadas para o funcionamento do salão e mercado. A família Belz então doou um terreno de aproximadamente 3 mil m2 na rua Carlos Belz, onde foi construída nova sede, local atual de funcionamento do Clube Belz.

Na mesma época, a família Belz construiu um mercado no outro lado da rua, e o comércio se transferiu para lá.

No interior da construção preservam-se diversos traços arquitetônicos, como lambrequins, o palco suspenso (antigamente usado para a banda que tocava nos bailes), e o famoso porão que estocava e mantinha a bebida na temperatura entre 15 e 20 graus, levando em conta a escassez de energia na época.

Tombamento Estadual.

Não aberto à visitação.

Fonte: Livro “Cor:Verde”, de Anita Guenther e Gisela Liesenberg